O que você achou do nosso site?



28/01/2019
Paraguai continuará vacinando seu rebanho contra febre aftosa


O Paraguai decidiu não deixar de vacinar contra a febre aftosa, já que “hoje a febre aftosa não é uma barreira para-tarifária”, disse José Carlos Martin, presidente do Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Animal (Senacsa).

Esta semana começou o primeiro período de vacinação contra a febre aftosa, que durará até o dia 2 de março. Ao contrário dos anos anteriores, na atual serão duas vacinações contra a aftosa e não três.

Martin disse que a imunização do rebanho não será suspensa, apesar da decisão do Brasil a esse respeito, já que há a presença do vírus na região. Ele mencionou os casos específicos da Colômbia e da Venezuela. O Paraguai terá uma atitude mais conservadora que o Brasil, disse o chefe. “O Uruguai também foi categórico, eles não vão parar de vacinar”, acrescentou.

Fonte: El País Digital, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Fonte: BeefPoint


 Voltar  Enviar para um amigo  Imprimir

 20/02/2019 - Cotação Diária do Boi Gordo em 19/02/19
 20/02/2019 - Apesar dos detratores, a demanda por carne bovina cresceu em ritmo acelerado
 20/02/2019 - Boi: Volume de animais abatidos no BR se eleva em 2018
 20/02/2019 - Boi gordo tem queda no preço
 20/02/2019 - Previsão do Tempo para esta Quinta-feira (21/02/2019)

 
 

Nome
E-mail